A alienação

A alienação

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Che Guevara não era socialista ?

Uma das desculpas de marxistas atuais, depois do desmoronamento da URSS e do socialismo marxista no mundo, é que “não existiu socialismo”, alegam que na URSS não foi socialismo, foi “capitalismo de estado” !

Che Guevara era capitalista ?!


Quanto a essa desculpa tola, palavras que jamais foram ditas enquanto a URSS existia, e sabendo que em Cuba existiu e ainda existe a já 50 anos, a mesma ditadura socialista que existiu na URSS e em todos os demais países socialistas, um dos argumentos que se pode colocar para facilmente refutar tal alegação, é o seguinte:
Guevara não sabia marxismo, não sabia o que era o “socialismo científico” de Marx ?
Guevara não entendeu o Manifesto Comunista, Guevara não entendeu a “Ideologia Alemã”, Guevara não entendeu “O Capital” ?
Che Guevara implantou em Cuba um “capitalismo de estado” em vez do "socialismo científico" marxista ?

Se não existiu socialismo, então Che Guevara não era socialista !
Quando os marxistas vestem a camiseta com a cara de Che estampada não estão com a camiseta com a cara de um socialista !
Estão vestindo uma camiseta com a cara de um “capitalista de estado” !
É patético !

Vamos ver a seguir as atividades de Guevara em Cuba após assumir o poder:

Depois da vitória da revolução em Cuba Che Guevara foi o responsável pelo processo de formação do estado socialista cubano.
Em meados de 1959 foi nomeado Chefe do Departamento das Indústrias, mais tarde transformado em Ministério da Industria, e também foi nomeado Chefe do Instituto Nacional de Reforma Agrária (INRA), a seguir foi nomeado presidente do Banco Nacional de Cuba.

Quando da nomeação para o Banco Nacional de Cuba em Fevereiro de 1961, Fidel Castro comentou que precisavam de um bom economista, e Guevara respondeu dizendo que ele pensava “que precisavam de um bom marxista” !

Ou seja, Guevara, é claro, se considerava "um bom marxista".

Guevara dirigiu e implantou a economia socialista cubana desde meados de 1959 até março de 1965, alem de ser o líder político ao lado de Fidel e ter participado ativamente da Crise dos Mísseis de 1961 que quase levou o mundo a uma guerra nuclear.
Em meio a isso Guevara também dava palestras nos países dominados pela URSS e principalmente ia para países do Terceiro Mundo exportar a sua revolução marxista.
Algum marxista brasileiro em algum momento o questionou quanto a ele não saber marxismo e estar implantando em Cuba um “capitalismo de estado” ?
Não é claro !
Sempre tiveram Guevara e sua protetora a URSS, como o mais perfeito marxismo que já existiu no planeta !

Guevara implantou um modelo de economia socialista em Cuba denominado Sistema Orçamentário de Financiamento (SOF) ao qual deu ênfase ao slogan de "uma nova atitude perante o trabalho" e a sua ideia de um "novo homem".
A teoria do SOF baseava-se nos escritos do “jovem” Marx e nos princípios iniciais da gestão econômica de Lenin na URSS,
Guevara não discordava em nada do marxismo que foi implantado na URSS por Lenin !
A respeito desse seu projeto marxista para Cuba Guevara escreveu no seu “El socialismo y el hombre en Cuba” o seguinte:

"O importante é que os homens estão cada vez mais conscientes da necessidade da sua inclusão na sociedade e ao mesmo tempo da sua importância como gestores da mesma.
Os trabalhadores seguem a sua vanguarda, que é constituída pelo Partido e pelos seus membros avançados ligados as massas e em comunhão com elas.
O prêmio é uma nova sociedade onde os homens terão uma característica distinta: a sociedade do homem comunista.”


Belo discurso marxista, mas, como sempre, mentiroso.
Como sabemos, o “homem comunista” que ele gerou em Cuba é um infeliz que nem alimentação correta tem, um prisioneiro dentro de sua ilha sem liberdade para sair dela.
Esse infeliz cubano é o “homem comunista” de Guevara.

Guevara escreveu também no mesmo livro:

“A massa participou na Reforma Agrária e no difícil empenho de administrar as empresas estatais; passou pela experiência heróica de Playa Girón; forjou-se nas lutas contra as várias hordas de bandidos armados pela CIA; viveu uma das definições mais importantes dos tempos modernos na crise de Outubro e está hoje trabalhando para a construção do socialismo.”
“Tentarei agora definir o indivíduo, ator desse estranho e apaixonante drama que é a construção do socialismo,”


Existe alguma dúvida quanto a Guevara estar implantado – o socialismo – e não “capitalismo de estado” em Cuba ?

Outros textos de Che Guevara:

"Faremos o homem do século XXI: nós mesmos. Nos forjaremos na ação quotidiana, criando um homem novo com uma nova técnica".
Che Guevara "O socialismo e o Homem novo", 1965.

O “homem novo” de Guevara é o mesmo de sempre, um infeliz submisso a um sistema ditatorial comandado por um ditador socialista.

Guevara escreveu uma carta ao jornalista uruguaio Anibal Quijano, diretor do semanário “Marcha” que foi publicada em 12 de Março de 1965, onde Guevara falava a respeito do socialismo em Cuba:

“Faço estas notas em viagem à África, animado pelo desejo de cumprir, ainda que tardiamente, o que eu prometi.
Gostaria de falar sobre o tema “O socialismo e o homem em Cuba”.
Eu acho que pode ser interessante para os leitores uruguaios.
É comum ouvir-se entre os porta-vozes capitalistas, como um argumento na luta ideológica contra o socialismo, a alegação de que este sistema social ou o período de construção do socialismo a que estamos empenhados em Cuba se caracteriza pela abolição do indivíduo em proveito do estado.
Não pretendo refutar esta alegação com um argumento puramente teórico, mas também mostrar os fatos tal como eles estão acontecendo em Cuba e acrescentar comentários de caráter geral.”


Ou seja, Guevara não tinha nenhuma dúvida com respeito a implantação do socialismo em Cuba, estava sendo feito da forma correta, os “capitalistas” como sempre, é que nada sabiam...

Infelizmente para os cubanos os “capitalistas” estavam certos !

O socialismo que Guevara implantou em Cuba trouxe aos cubanos a perda das liberdades individuais, sobre os cubanos a 50 anos reina soberana e inquestionável a “vanguarda” socialista - o Partido Comunista Cubano e seu ditador Fidel Castro, que manteve o povo cubano prisioneiro por todo esse tempo.

Che Guevara não era “capitalista de estado”, era marxista, era socialista, e implantou em Cuba as ordens traçadas pelo “mestre”, da mesma forma que foram também implantadas em outros 49 países do planeta as mesmas ordens do “mestre”.
Porém o sistema mentiroso inventado por Marx, em todos os países socialistas, levou ao mesmo ponto que levou Cuba – a ditadura socialista - e jamais chegaram ao “homem comunista” pois ele nada mais era que uma mentira.


***

O que Karl Marx falou a vida inteira, a base da sua doutrina - a abolição da propriedade privada e do trabalho assalariado, mais a economia planificada no estado socialista dirigida pelos comunistas, foram feitos em todos os países socialistas.
A implantação da ditadura do proletariado foi efetivada, o que nunca aconteceu foi a vinda do comunismo, mas isso, nem Marx sabia como seria, e ai ficou a ditadura como está ainda até hoje em Cuba.

***

Nenhum comentário:

Postar um comentário