A alienação

A alienação

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Os benevolentes seres solidários do Youtube

A Internet fez surgir muitas profissões novas e também fez surgir comportamentos inusitados nos humanos, alguns destes comportamentos tem uma boa dose de singularidade e é interessante observa-los para se ver as variadas manifestações dessa nova forma de personalidade humana que são os seres politicamente corretos.

Um desses tipos são as pessoas que fazem tutoriais para explicar gratuitamente como funcionam softwares e equipamentos diversos tais como smartphones, notebooks e tablets.

Tais equipamentos em geral tem manuais de usuário resumidos que não explicam a maioria das funções do equipamento com a necessária profundidade.
Isso acarreta problemas para os usuários dos equipamentos que ficam sem saber usar todos os recursos que o equipamento pode oferecer.
Evidentemente, o correto seria os fabricantes fazerem manuais mais detalhados e se possível que fizessem vídeos didáticos para explicar o funcionamento, porém, os fabricantes não fazem isso.
A reação correta dos usuários seria buscar na justiça uma solução para essa falha dos fabricantes, mas, os usuários não fazem isso e continuam com o problema.

Devido a essa carência dos usuários surgiram pessoas na Internet que fizeram tutoriais com áudio e vídeo, usando esforço próprio, e os colocaram no Youtube, explicando de forma minuciosa o funcionamento das mais diversas coisas, não apenas eletrônicas.

Bom, mas o que eu queria destacar, por ser algo, na minha opinião, no mínimo curioso, é a forma como a maioria dessas pessoas conduz a sua atuação...

Sabemos por experiência própria que aprender a operar plenamente por exemplo um smartphone não é tarefa corriqueira, exige estudo, pesquisa, memória e atenção, devido a isto as pessoas que fazem tais explicações com toda certeza gastaram um tempo considerável para dominar por completo as funções do equipamento, depois de aprendida as funções a pessoa tem que preparar a gravação, o que deve exigir algumas edições e um bom tempo de trabalho, pois é muito difícil que na primeira tentativa de gravação tudo aconteça sem nenhum erro, sem uma frase errada, sem um esquecimento, etc, então, o nosso abnegado instrutor deve ter perdido muitas horas até chegar a uma cópia sem erros no vídeo...

Entretanto, mesmo depois de todas estas horas de trabalho - não remunerado - ainda aparecem alguns errinhos e até na forma de gravação...
Ai aparece uma das coisas interessante... o nosso abnegado instrutor, apesar de todo o trabalho que teve e de estar fazendo o vídeo sem remuneração alguma - pede desculpas para os que estão vendo o vídeo!

Eu vi um que um deles pede desculpas por ter usado uma câmara não de primeira linha!
Em outra oportunidade ele pede desculpas porque teclou errado uma operação, que rapidamente, em questão de segundos, refez, mas, mesmo assim, pediu desculpas pelo erro!
Eu acho essas coisas hilárias, cômicas rsrs
Será que precisa ser tão educado, tão atencioso, tão serviçal ?
Se fosse em uma exposição em uma palestra, em uma aula, vá lá, mas em um vídeo no Youtube a pessoa ficar pedindo desculpa sabe-se lá para quem... é um zelo desnecessário.
Mas, a pessoa é um ser politicamente correto, por isso age desta forma.

Outra coisa a destacar é o tom de voz e o ritmo... a pessoa sempre fala pausadamente, com voz calma e amiga, como se tivesse falando com amigos de infância... é gentil sempre, amabilíssima sempre, em suma, é a própria gentileza em pessoa!

Outra coisa que notei é que tais seres solidários são em geral homens.

Eu fico pensando o que leva tais pessoas a agirem dessa forma?
Com essa imensa dedicação e gentileza para com estranhos ?
Gastarem um grande tempo de suas vidas de graça e ainda pedirem desculpa por eventuais errinhos na apresentação!

Será que tais pessoas são dessa mesma forma no dia a dia em casa com os pais e irmãos, no trabalho ou na escola com os colegas ou em uma eventual situação de perigo ?

Eu acredito que tais pessoas são um novo tipo de ser humano, não são mais homo sapiens, são uma outra espécie, o homo gentilis, fruto de 2000 anos do culto ao miserável fez surgir estes tipos desapegados e solidários politicamente corretos

Mas este comportamento existe em condições normais, em situações de crise e/ou perigo tais seres voltam a ser homo sapiens!


Acredito que muitos já tenham visto tais vídeos... em todo caso, coloco a seguir dois links para exemplo:

http://www.youtube.com/watch?v=L4W2bMDCDlQ

http://www.youtube.com/watch?v=pHi-Bzqtq_Y

Nenhum comentário:

Postar um comentário