A alienação

A alienação

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Comunidade internacional - o que é isso ?

"comunidade internacional" - o que será que estão querendo dizer quando escrevem isso na midia ?


No mundo atual, dominado pela ideologia marxista "cultural" politicamente correta, é muito comum o surgimento de "designações" inventadas para diversas situações que os politicamente corretos pretendem instituir de forma emblemática como conceito ou rótulo.

Tais formas de expressão, artificialmente criadas, não surgem de baixo para cima, elas não surgem do povo na rua para se incorporarem ao vocabulário, como por exemplo as gírias "meu", "cara", "barato", "focar", etc, elas surgem na midia, a midia começa a usar essa expressão ou palavra, como por exemplo a palavra "protagonista", essa palavra não surgiu no povo, pois é uma palavra que o povo não usa, isso é coisa de "intelectual", o uso dessa palavra surgiu na midia, de cima para baixo, e a sua contínua repetição faz outros usarem a palavra.
É uma forma artificial porque o novo uso da palavra tem significado diferente do anterior, um novo "personagem" foi criado artificialmente.
Mas, para o caso do "protagonista", apesar da repetição não pegou, porque não é real.

Esses "conceitos", como no caso do mais recente que é tema deste texto, o termo "comunidade internacional", contém um conteúdo ideológico sutilmente camuflado que os politicamente corretos desejam desanimar paulatinamente na sociedade, dia a dia, que vai ser exaustivamente repetido até que se torne senso comum, até que se infiltre no subconsciente das pessoas e elas passem a ter aquele "conceito" como incorporado as suas realidades.

Vejamos alguns exemplos do uso desse termo na midia:

23/07/2012 - 16h43
Comunidade internacional vigiará armas químicas da Síria, diz ONU
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Oposição síria faz apelo à comunidade internacional para armar rebeldes
ESTADÂO
29 de julho de 2012

Comunidade internacional oferece US$ 16 bi ao Afeganistão
AFP
08.07.2012

22/10/2011 - 07:24:00 por BBC Brasil
Comunidade internacional pede detalhes da morte de Khadafi

15/08/2011 - 00:00:00 por Gustavo Chacra
Estratégia de Assad divide comunidade internacional

31/07/2011 - 20:21:00 por BBC Brasil
Comunidade internacional condena violência na Síria

14/05/2011 - 00:00:00 por Mahmoud Jibril
O que esperamos da comunidade internacional.

18/03/2011 - 14:15:00 por BBC Brasil
Comunidade internacional reage com cautela a declarações de Khadafi

Resolução na ONU busca mostrar isolamento de Assad na comunidade internacional
TV Estadão | 03.08.2012



Mas, o que seria essa "comunidade internacional" ?

Por exemplo na notícia colocada acima:

31/07/2011 - 20:21:00 por BBC Brasil
Comunidade internacional condena violência na Síria


Quem seria a "comunidade internacional" que está "condenando a Síria" ?
- A Rússia não faz parte dessa "comunidade" uma vez que a Rússia é aliada da Síria.
- A China também não faz parte da tal "comunidade", pois também é amiga da Síria.
O Brasil também não faz parte dessa "comunidade", pois não condenou nem aprovou os acontecimentos na Síria, o Brasil se mantém isento.
E podemos também afirmar com certeza que o Peru, a Costa Rica, Uganda, Nigéria, Mongólia, Cuba, Paquistão, etc, também não fazem parte da tal "comunidade internacional", uma vez que não se manifestaram nem contra nem a favor.

Então quem faz parte dessa "comunidade internacional" no caso da notícia ?
Sabemos muito bem quem está "condenando" a Síria, são o EUA e a França, e a Inglaterra por ser aliada do EUA acompanha.
A tal "comunidade internacional" trata-se efetivamente de 3 nações, EUA, França, e por tabela a Inglaterra.


Comunidade internacional...


Quando a "comunidade internacional" começou a bombardear de forma covarde a Líbia, os aviões não eram da OTAN, eram do EUA e da França e de mais ninguém, mesmo depois quando a OTAN foi colocada como "testa de ferro", os aviões que atacavam a Líbia em nome da OTAN eram 90% da França.
Então, no caso da destruição das forças de Kadafi e o subsequente assassinato dele, a "comunidade internacional" que ajudou os "rebeldes" foram Obama e Sarcozy.

E no caso da notícia acima sobre a Síria também a "comunidade internacional" são Hillary, Obama, o chefe da ONU, e a França, eventualmente o primeiro-ministro da Inglaterra diz alguma coisa para fazer parecer que também está participando.
E eles colocaram em votação na ONU diversas "resoluções" na tentativa de fazerem na Síria o que fizeram na Líbia.
Só que agora será mais difícil, pois a Rússia já percebeu a intenção.


A "idéia" de "comunidade internacional" é uma anseio marxista, desde que Karl Marx escreveu na última linha do Manifesto Comunista de 1848 "Proletários de todo o mundo, uni-vos!", esse anseio permanece na insana cabeça dos marxistas, implantar o marxismo no mundo todo, mas, apesar das inúmeras tentativas de revoluções e golpes, eles não conseguiram pela força realizar os desejos de Karl Marx, por isso partiram para a alternativa "cultural" que se propôs, desde já 80 anos atrás, a mudar o senso comum da sociedade ocidental.

A introdução do termo "comunidade internacional", quer na verdade não existe, faz parte da intenção do marxismo cultural de enfiar artificialmente na cabeça das pessoas o "conceito" de que existe uma "comunidade internacional" preocupada com os destinos do mundo.
E como eles são incansáveis, nem mesmo sucessivas derrotas e catástrofes causadas por eles em nome dessa loucura os faz deixar de trabalhar em prol dessa ilusão, eles vão continuar a criar essa artificialidade na tentativa de com ela "mudar o mundo".

É a doença mental que apareceu na humanidade com o progresso econômico e cultural que gerou seres humanos com a mente atrofiada devido a ausência das condições de vida duras do passado humano.
Não surgem "politicamente corretos" entre o povo comum... os politicamente corretos surgem nas camadas mais abastadas ... como a dupla Marx e Engels, Engels era riquíssimo, e Marx veio de uma família judia abastada e casou com uma moça rica.
Ambos, Marx e Engels foram até o último fio de cabelo - capitalistas, pois viveram a vida toda sem trabalhar e por grande parte da vida foram sustentados pelo dinheiro de juros pagos por bancos depois que Engels vendeu as propriedades que herdou do pai e aplicou o dinheiro, e deu a Marx por mais de 20 anos uma "mesada" mensal.

Essa doença mental "revolucionária" prolifera entre os "intelectuais" da palavra, inúteis que se acham cultos mas que não tem o aplauso das multidões que gostariam de ter, por isso querem destruir a sociedade atual que não os premia.
A sociedade liberal não premia vagabundos, premia apenas os que trabalham e são competentes na produção de bens úteis para a sociedade.


***
 
 

Texto escrito em 09/04/2013


Sobre a nova designação dos locais onde acontecem jogos de futebol


Desde quando se começou a jogar futebol o local onde as partidas eram efetuadas era chamado de "campo", "campo de futebol", o campo de futebol sempre foi coberto por grama, com o passar do tempo e com a profissionalização do futebol foram sendo construídas estruturas nos campos de futebol para as pessoas poderem ver melhor o jogo, foram chamadas de "arquibancadas", como os clubes passaram a cobrar pelo ingresso para ver os jogos tais espaços passaram a ser cercados com muros altos e com portões e bilheterias para vender os ingressos.
Para maior segurança dos jogadores foram construídos "alambrados" (cercas) em volta do campo de futebol, entre o alambrado e o campo, em muitos locais, foram construídas pistas de atletismo, foram feitos túneis subterrâneos para ligar os vestiários ao campo, foram construídas torres de iluminação nos lados do campo para que pudessem acontecer jogos a noite, foram construídas acomodações para a imprensa poder transmitir e documentar os jogos, etc.

Toda essa estrutura ficou sendo conhecida como sendo um ESTÁDIO DE FUTEBOL.
Mas o gramado, o espaço onde a partida é disputada continuou sempre sendo chamado de "campo".

Estádio do Maracanã, Estádio do Pacaembu, Estádio do Mineirão, Estádio da Fonte Nova, Estádio Beira-Rio, etc.
O uso da palavra "estádio" entre o povo foi sempre usada para se referir ao local dos jogos de futebol.
Um colega dizia ao outro - vamos para o estádio ver o jogo!

Em vista disso, de a muito tempo, os dicionários descrevem o significado da palavra "estádio" da seguinte forma:

estádio
[Do gr. stádion, pelo lat. stadiu.]
Substantivo masculino. 
1.Campo de jogos esportivos.


Estes são estádios de futebol e não arenas

Porém, de uns tempos para cá, apareceu na midia uma nova designação para o local onde acontecem os jogos de futebol, a midia passou a se referir a "arena" e não mais a "estádio".
Essa mudança não partiu do povo, surgiu de cima para baixo, foi sendo IMPOSTA ao povo por repetição na midia.

Como todas as palavras criadas artificialmente pelos "criadores de palavras" essa nova designação é equivocada, um local onde se joga futebol não é uma arena.
O Coliseu de Roma é uma arena, pois era lá que eram feitos os combates entre gladiadores, ou entre gladiadores e leões, arena é um local onde são efetuados combates, lutas corporais, o "campo" em uma arena é redondo e de terra batida com areia por cima, e não com grama, e a arquibancada também é redonda e não reta como em campos de futebol

Vejamos o que o dicionário diz sobre a palavra "arena":

arena
[Do lat. arena.]
Substantivo feminino. 
1.Área central, coberta de areia, nos antigos circos romanos, onde combatiam os gladiadores e as feras;
2.Espaço central do circo, onde se exibem os artistas; picadeiro.
3.Terreno circular, fechado, para corridas de touros e outros espetáculos.
4.Teatr.  Palco, nos teatros de arena.
5.Estrado alto, para lutas de boxe.
6.Lugar de debate; campo de discussão. 


O Coliseu é, ou foi, uma arena

Não se vê ai o significado de "local onde se realizam eventos esportivos".
Não se vê porque não é, porque não tem esse significado.

O campo de futebol que o Corinthians tem no Parque São Jorge é chamado apenas de "antigo estádio do Corinthians", por que então o campo de futebol que está sendo construído em Itaquera tem que se chamar "arena" ?
Não deveria, pois é incorreto, não é uma arena, é um estádio de futebol, deveria se chamar de "novo Estádio do Corinthians".
O de Brasília deveria se chamar "Estádio Mané Garrincha", etc.

Mas, os "intelectuais" criadores de palavras querem "transformar o mundo", e fazem isso nem que seja as custas de erros de português.
Isso não importa para eles, o que eles querem é "mudar conceitos" nem que a mudança seja para algo ilusório.

Rotineiramente estão surgindo novas designações como estas feitas pelos "intelectuais" que querem "transformar o mundo", e eles estão realmente transformando o mundo.... só que estão transformando o mundo em uma ilusão, em um local irreal, baseado em coisas irreais.

Essa nova vida com base em ilusão, na falta de realidade, com certeza a longo prazo levará a humanidade ao caos, pois quando a natureza sempre dura, e a realidade sempre cruel, baterem na porta da humanidade essa humanidade alienada não estará prepara para enfrentar a dura realidade que vigora no universo.

***









Nenhum comentário:

Postar um comentário