A alienação

A alienação

terça-feira, 11 de março de 2014

Existe diferença entre o racismo que acontece nos estádios e o que foi praticado na África do Sul na época do apartheid ? A liberdade deve ser total ou os acontecimentos históricos nos mostram que não deve ?



Na Folha de S.Paulo do dia 11/03/2014, cujo texto na íntegra pode ser encontrado aqui:


foi publicado um artigo interessante sobre o que acontece nos estádios com ofensas a afrodescendentes e sobre a liberdade, vou citar algumas partes do texto e comentar.

"....
Pelo que andei lendo na mídia, há duas correntes. Uma, mais radical, ....
....
Para a outra corrente, mais ponderada, é preciso identificar os responsáveis pelos xingamentos e puni-los na forma da lei.
Essa é uma posição coerente, mas não gosto muito dela.
Admito que é uma idiossincrasia minha, mas penso que a liberdade de expressão deve ser assegurada de forma robusta, abarcando, inclusive, discursos racistas e nazistas.
É John Stuart Mill quem explica o porquê.
Para o filósofo inglês, mesmo os piores preconceitos precisam ter sua circulação assegurada, a fim de que as ideias verdadeiras sejam submetidas à contestação e triunfem.
Se não for assim, elas próprias serão percebidas como simples preconceitos, sem base racional.
...."


Comentários:

Vou separar meu comentário em duas partes.

1. Um jogador do São Paulo e que já foi da seleção brasileira, bastante conhecido, foi no programa "Bem Amigos" desta última segunda-feira onde o tema "racismo nos estádios" foi abordado, ele fez uma afirmação que deve ter surpreendido a muitos e que nem foi comentada pelos demais...
Ele disse o seguinte:

"Acho que é válido a gente tentar de alguma forma manifestar nossa indignação contra esses episódios, mas acho que no futebol é mais para insultar. Será que é racismo de verdade ou é para insultar? Não que esteja certo, mas será que não é para insultar o jogador adversário? Na Espanha nunca passei por isso, nem aqui no Brasil, mas não sei te dizer se realmente o cara é racista mesmo"

No link abaixo temos uma reportagem sobre o programa, infelizmente no vídeo que apresenta a opinião dos participantes é mostrado o pronunciamento de todos, menos a do jogador do São Paulo!
Ele fala em seguida ao fim do vídeo, felizmente no texto é mencionado o que o jogador falou.

http://sportv.globo.com/site/programas/bem-amigos/noticia/2014/03/jadson-revela-preconceito-sofrido-na-ucrania-minha-mulher-ficou-nervosa.html

Esse é o tipo de coisa que apenas quem na infância viveu no meio da molecada de rua e jogava intermináveis peladas onde discussões exacerbadas aconteciam e os xingamentos mútuos eram de toda ordem, ofensas à mãe, ao pai, ao irmão, a família toda, de toda ordem, de gênero, número e grau, porém, acabado o jogo iam todos juntos brincar de outra coisa ou iam para o rio nadar numa boa, tudo era esquecido rapidamente e não deixava nenhuma mágoa - pode entender.
Eu compreendi plenamente o que o jogador quis dizer e dou razão a ele, e muitos torcedores também sabem do que se trata, mas, os politicamente corretos que hoje em dia dominam na sociedade ocidental jamais terão capacidade para entender isso!
O mundo em que moleques se xingavam de tudo jogando bola acabou, ou em breve acabará

A palavra "raça" está sendo extirpada da língua portuguesa, os alienados politicamente corretos esperam que acabando com a palavra 'raça" também acabem com o racismo!

A resposta a pergunta do título do blog eu deixo para os próprios leitores responderem....


2. Eu prefiro a sabedoria antiga da frase que está escrita no Templo de Delphos na Grécia a de Mill - "Nada em excesso." - nem a liberdade.

Hitler foi eleito pelo povo alemão em uma eleição livre, continuaram a dar liberdade a ele e ele acabou com toda a liberdade dos demais e causou a morte de milhões de pessoas.
A liberdade que deram a Hitler custou muito caro a Europa.

Na Rússia em Fevereiro de 1.917, após a revolução que derrubou o regime imperial, os democratas deram liberdade aos bolcheviques, em Outubro, após a eleição que elegeu os futuros constituintes, na qual os bolcheviques não conseguiram votação expressiva, eles deram um golpe nos democratas e tomaram o poder, mataram covardemente toda a família do czar Nicolau, inclusive as crianças, e depois implantaram uma ditadura socialista na Rússia, posteriormente URSS, que matou milhões de pessoas nos Gulags e acabou com toda liberdade.
A liberdade que os democratas deram aos socialistas custou muito caro a eles.

Por isso, uma sociedade livre não pode dar liberdade a quem quer destruí-la, eles podem conseguir!

E ai o preço a ser pago é muito caro.



***

Nenhum comentário:

Postar um comentário