A alienação

A alienação

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Os advogados se tornarão desnecessários?


Atualmente no Brasil existem diversas instituições que fornecem serviços gratuitos para "solução de conflitos" que antes necessitavam dos serviços profissionais de advogados, com tais serviços a necessidade de advogados diminuiu consideravelmente, podemos dizer que em 90%.

Procuradoria
Juizados Especiais
Procon
CJUS
e agora esse serviço online.
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/08/tj-rj-comeca-testes-de-sistema-para-solucao-de-conflitos-judiciais-online.html

Tudo gratuito ao público e sem a necessidade de advogados, e em grande parte dos casos nem precisa de juiz, um "mediador" executa a tarefa de conciliação ou mesmo de solução do conflito, esse mediador não precisa ter cursado Direito, qualquer pessoa com nível superior em qualquer área ou estudantes no 4 semestre (autorizados) podem ser mediadores.

No site da FGV está escrito o seguinte sobre o CJUS:

"O DNA do CJUS está ligado, desde o início, tanto à análise compreensiva e à visão transformadora do sistema de justiça, como ao municiamento dos membros desse sistema e de toda a sociedade civil com informações e propostas de melhoria dos indicadores relacionados à efetivação da justiça visando à consolidação da democracia no país.".

Vemos ai que o CJUS tem no seu "dna" uma "visão transformadora" do sistema de justiça.

Desta forma, o Direito e a justiça a médio prazo serão "transformados" e nessa transformação a "solução de conflitos" será direta com um mediador atendendo as partes em conflito sem a necessidade de advogados ou juízes.

Um dos objetivos do marxismo cultural, o fim do Direito por ser uma instituição "burguesa" que é "instrumentalizada pelo poder" para manter a "opressão sobre os excluídos".
Acredito que essa atuação "cultural" a longo prazo tornará o advogado desnecessário e levará ao fim do Direito como instituição.


Porém, sabemos que não existe almoço grátis...
Isso tudo não é gratuito.
Milhares de pessoas tem acesso a atendimento jurídico gratuito, mas, existem empregadas do estado que estão trabalhando nisso, e eles não trabalham de graça, tudo isso tem um enorme custo financeiro, e quem paga tudo isso é a parcela da sociedade que paga imposto de renda e outros impostos.

Como tudo no marxismo, isso é uma ilusão, só é possível de ser feita porque existe uma parcela da sociedade que trabalha e paga impostos, que são usados para fazer essa "solidariedade".

É por isso que o socialismo/marxismo faliu em todas as nações onde foi instituto, porque quando o socialismo é instituído como sociedade, os que pagam impostos deixam de existir(!), e ai, os "serviços gratuitos" prestados pelo estado não tem mais quem os banque!

O fim dessa ilusão é a falência.


***






Nenhum comentário:

Postar um comentário