A alienação

A alienação

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

O mundo irreal das novelas.

As novelas brasileiras, não necessariamente as da Globo, todas tem as mesmas características, mostram para os telespectadores um modo de vida, nas mais diversas circunstâncias, que não condiz com a realidade da vida no dia a dia que eles querem artificialmente retratar.
.
As mais gritantes disparidades do que é mostrado com a realidade, dentre muitos, temos quando a novela mostra a vida em favelas e quando a novela apresenta personagens homossexuais, coisa que virou moda hoje em dia, toda novela tem que ter personagens homossexuais, eles não fazem parte do enredo, nunca são protagonistas, sempre são figurantes, mas tem que estarem lá, os politicamente corretos do mundo exigem isso, senão a TV estará cometendo preconceito...

Nas favelas das novelas a vida é esfuziante de alegria!

Nas favelas da TV a vida é só alegria!

Todos os favelados são personagens alegres e de bem com a vida como se a favela fosse o melhor dos mundos e os favelados as pessoas mais felizes do planeta... na verdade os favelados das novelas parecem uma grande família.

Favelas das novelas - uma grande família alegre e feliz!

Acho que os autores nunca foram em um favela...
As favelas das grandes cidades brasileiras são AMONTOADOS de barracos diminutos, um em cima do outro, são feitos com os mais diversos materiais, com a exceção de tijolos e telhas...
Os detritos humanos correm a céu aberto até chegarem em algum riacho próximo.
A vida nas favelas é extremamente dura e não tem a alegria que os autores de novelas querem dar a elas... traficantes em geral dominam através do medo que impõem aos moradores.
O que as novelas mostram das favelas é uma mentira.

Os homossexuais das novelas tem na maioria dos casos características marcantes: são em geral muito alegres, brincalhões, tagarelas, piadistas que sempre fazem os telespectadores darem risada...

Gays em novelas, guase sempre alegres e prendados...

Alguém já viu algum homossexual igual ao das novelas na vida real ?
Bom... não sei... eu nunca vi um assim.
Os que vi não eram pessoas alegres, e nem eram tagarelas e faziam tiradas originais, pelo contrário, eram pessoas quietas que não demonstravam alegria, e não se serviam para motivo de riso.
Alias, o papel de quase palhaços que as novelas dão aos homossexuais deveria ser fonte de protesto das defensores de direitos humanos...
Um exemplo disso é no quadro "Metrô Zorra Brasil" onde o personagem "Valéria" na verdade não faz papel de gay, faz papel de palhaço.

O mais famoso homossexual do Brasil, Clodovil, era um exemplo do quão oposto da realidade ao que as novelas mostram é, Clodovil era sério e as suas tiradas não eram alegres, eram sarcásticas, Clodovil jamais demonstrou ter as características que as novelas colocam nos homossexuais.
Então, as novelas estão dando uma idéia FALSA da personalidade de homossexuais.

video

Outra apelação dos autores de novelas é com os "direitos humanos" que sempre são embutidos na história sem dela terem a menor participação no enredo.

E por fim, as novelas contém uma falta de talento de dar pena...
O que me parece é que no Brasil não existem roteiristas...
A repetição das mesmas cenas, apenas mudando o ator ou atriz, novela após novela, fato que parece passar despercebido da maioria dos telespectadores, é de uma mediocridade enorme.
As intrigas são sempre as mesmas, domina uma falta de criatividade e talento penosas....



Brigas entre mulheres são a fonte de "emoção" nas novelas...

A "emoção" das novelas gira em torno de intermináveis brigas com gritaria entre mulheres...
Gostam muito de dar uma surra em alguém "mau" da novela para que os telespectadores satisfação sua raiva do personagem...
Sempre tem uma ou duas megeras e um ou dois vilões que quase sempre se associam e fazem planos mirabolantes, quase sempre com os o mesmo tipo de "astúcia", para ferrar com a menina boazinha ou com o bom rapaz da novela.

Dificilmente teremos novamente no Brasil algo igual a Dom Casmurro...

A beleza e o talento que Machado de Assis conseguiu com apenas 3 personagens em Dom Casmurro os autores de novelas atuais não conseguem nem 10% usando tecnologia e centenas de pessoas.
A mediocridade dominou por completo no meio noveleiro brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário