A alienação

A alienação

sábado, 10 de novembro de 2012

O governo chinês é despótico, tirânico, estúpido, corrupto, sensor, opressor e proíbe toda liberdade de expressão, a China é uma ditadura ignorante - mesmo diante deste fato os meios intelectuais e a mídia ocidental, tão supostamente democráticos e defensores da liberdade, estão fazendo um alegre oba! oba! para a China e lembram sempre que a China irá superar o EUA como potência econômica - qual seria a razão dessa contradição ?


A China é um país atrasado e miserável, a China é comandada por estúpidos que se dizem comunistas e ao mesmo tempo instituíram na China o livre mercado capitalista, essa foi a solução encontrada para que milhões de chineses não morressem de fome depois de 70 anos de socialismo falido.
E estes mesmos "desapegados comunistas" estão ficando milionários com isso.


Esse pessoal é comunista com foice e martelo? Mas... no comunismo é permitido propriedade privada dos meios de produção?! Não é claro! Só existe um adjetivo para esse pessoal - ridículos.

O governo chinês é despótico, tirânico, estúpido, corrupto, sensor, opressor e proíbe toda liberdade de expressão, a China é uma ditadura ignorante - mesmo diante deste fato os meios intelectuais e a mídia ocidental, tão supostamente democráticos e defensores da liberdade, estão fazendo um alegre oba! oba! para a China e lembram sempre que a China irá superar o EUA como potência econômica - qual seria a razão dessa contradição ?

Antes de responder a pergunta vamos fazer algumas considerações sobre a economia chinesa.

A China a 70 anos está sob o domínio do partido comunista chinês, uma instituição corrupta e sanguinária que já matou milhões de chineses em nome da ideologia socialista.
Nestes 70 anos os comunistas chineses não conseguiram tirar o povo chinês da miséria, a China em qualidade de vida e desenvolvimento humano é um dos piores países do mundo.
Depois da derrocada do socialismo na URSS os comunistas chineses não quiseram soltar o osso mesmo falidos e continuaram com a estúpida encenação da se chamarem a si próprios de comunistas, mas, ao mesmo tempo abriram o mercado chinês para empresas estrangeiras se instalarem e produzirem empregos e mercadorias dentro da China, para incentivar os investimentos estrangeiros o governo chinês usou a mão de obra barata de seu miserável povo, e deu também incentivos fiscais.
A única exigência dos comunistas chineses para as empresas é que 51% das ações da joint venture recém criada dentro da China pertencessem a chineses ou ao governo chinês, mesmo que estes não investissem um centavo.
As empresas estrangeiras aceitaram pois mesmo dando 51% dos dividendos de mão beijada aos chineses os lucros seriam enormes devido aos baixos custos de produção, e com isso milhares de empresas estrangeiras se instalaram dentro da China e começaram a produzir as conhecidas porcarias "made in china".
Isto porém tem um prazo, essa "parceria" com 51% para os chineses foi possível agora que a China comunista tem um povo miserável que trabalha por um salário pequeno, mas, se o povo chinês um dia sair da miséria socialista ele irá exigir maiores salários, e ai essa parceria não será mais possível.

Fontes: Existem diversos sites em que podemos comprovar este fato, três deles estão em:

http://en.wikipedia.org/wiki/Wahaha_Joint_Venture_Company
Joint venture holding structure
The foreign partners took 51%, while the Chinese partners held 49% (of which WHH holds 39% and employees own 10%).[10]

http://www.worldlawdirect.com/forum/international-law-issues/30396-joint-venture-china-51-a.html
Can a foreigner own 51% of a joint venture in China?
- In some industries you cannot, and the local partner must have over 50%.

http://en.wikipedia.org/wiki/Shanghai_GM
Type Privately held company joint venture
Industry Automotive
Founded 1997
Headquarters Shanghai, China
Area served China
Products Automobiles
Owner(s)
SAIC Motor (51%)
General Motors Company (49%)
Website Shanghai GM.cn.com

Obs. Essa regra vale para grandes empresas de tecnologia, essa regra não irá valer para pequenos empresários que vão para a China abrir um restaurante ou uma padaria.



O McDonalds não poderia deixar de estar presente na China!

A China só conseguiu aumentar seu PIB depois dessa abertura, desta forma, não são os chineses que estão produzindo o PIB chinês, os chineses jamais tiveram ou terão capacidade científica e tecnológica para isso, a China é um país atrasado, são as empresas estrangeiras que tem tecnologia que estão produzindo o PIB chinês.
Podemos descrever o contexto de outra forma, os trabalhadores são chineses, gente que vivia na miséria e agora tem uma esperança de melhorar de vida trabalhando na empresa estrangeira e ganhando um pequeno salário, os trabalhadores chineses ganham um pequeno salário porque os comunistas chineses ficam com a maior parte dos lucros da empresa (51%), é devido a isso que estão surgindo "milionários chineses" na comunista China...
Tais milionários nada mais são que laranjas dos corruptos comunistas do partido comunista chinês que comandam o país.
No congresso que estes corruptos estão fazendo esta semana em seu discurso o "chefe supremo" afirmou que a China não vai mudar em nada seus "princípios ideológicos", ou seja, agora que estão ficando ricos é que jamais largarão o poder, desta forma, a China vai continuar para todo o sempre uma ditadura corrupta.
Mas, esta corrupta ditadura esta a todo instante recebendo aplausos dos "intelectuais" e da mídia ocidental em uma das muitas hipócritas ações desse pessoal.


Comunistas chineses reunidos esta semana... um "clube do bolinha", só entra homem. 
Os que vão sair já fizeram suas fortunas e precisam dar lugar para outros.
Esses caras ainda tem a coragem de falar em "princípios ideológicos"!


A mídia ocidental politicamente correta e os hipócritas "intelectuais" socialistas ocidentais também estão torcendo muito para que a China supere o EUA como potência econômica.
Esses hipócritas se dizem defensores de direitos humanos mas aplaudem uma ditadura socialista que não respeita direitos humanos.
Quanto a este ponto é importante esclarecer que a China é o país mais populoso do mundo, atualmente a China está com uma população de 1.343.239.923 (1,23 bilhões) habitantes, isso é 23% da população mundial, então, seria a coisa mais natural do mundo se ela fosse a maior potência econômica !
O EUA atualmente está com 313.847.465 (313 milhões) de habitantes.
Temos que a população da China é 4,3 vezes maior que a do EUA.
O PIB de 2011 do EUA foi de $15.09 trillion, isso dá um PIB per capita para cada norte-americano de $49,000.
O PIB da China em 2011 foi de $7.298 trillion, este valor dá um PIB per capita para cada chinês de $8,500, que é bem inferior ao da África do Sul que foi de $11,100 para cada africano em 2011.
Os africanos da África do Sul produzem muito mais que os chineses !

Fonte: Index Mundi
http://www.indexmundi.com/

Diante destes dados vemos que o oba! oba! em torno da "China grande potência econômica" tem uma grande dose de falsidade, para a China realmente superar o PIB per capita, que é o que importa, do EUA ela terá que aumentar seu PIB em 60 vezes.
E sempre devemos lembrar que o PIB chinês tem como base EMPRESAS ESTRANGEIRAS, tais empresas tem a China na mão, a China não tem tecnologia, a China está nas mãos destas empresas em função disso.
A China jamais conseguiria fazer um smartphone... até pouco tempo a China usava as antigas válvulas eletrônicas !
Quem tem tecnologia para fazer smartphones "made in china" são as empresas estrangeiras que estão instaladas lá.
Se estas empresas resolverem sair da China a China vai parar no tempo, quando muito irá produzir nas atuais fábricas até elas sucatearem, a China não terá tecnologia para produzir fábricas mais modernas e competir com a Samsung coreana por exemplo.

Quem quiser ver fotos das industrias automobilísticas instaladas na China pode acessar o site abaixo:

Top 10 in China 2011


Sobre o badalado "trem bala chinês".

Falam muito do "trem bala" chinês (High-speed rail in China), só que, esse trem não foi construído por chineses, foi contraído por alemães da Siemens e da Bombardier and Kawasaki Heavy Industries (Bombardier's Regina), pois a China nunca teve tecnologia para construir trens bala.
A China faz apenas trenzinhos de brinquedo e exporta para o Brasil para serem vendidos nas lojas de 1,99 brasileiras.

Fábrica digital da Siemens alemã em Changdu, China.

Fontes para consulta sobre os "trem bala chinês":
http://online.wsj.com/article/SB10000872396390443537404577578373394172572.html
http://en.wikipedia.org/wiki/High-speed_rail_in_China
http://en.wikipedia.org/wiki/Siemens_Velaro


A seguir coloco alguns dos milhares de anúncios em sites de grandes empresas internacionais com filiais na China:

Shanghai General Motors Company Ltd
Type Privately held company joint venture
Industry Automotive,  Founded 1997

Bayerische Motoren Werke AG (BMW)’s China
Brilliance Auto (officially Brilliance China Automotive Holdings Limited) (FWB: CBA, SEHK: 1114) is an automotive manufacturing company headquartered in Shenyang, China.


Fábrica da BMW na China

Bosch Diesel Systems Division China and General Manager of Bosch Automotive Diesel Systems Co., Ltd.

Mercedes-Benz (China) Ltd. was established in 1986
Set up over 170 authorized sales and service centers, covering nearly 80 cities across the country

Siemens has witnessed the tremendous changes that have taken place since China opened up and embarked on its reform drive. To date, Siemens has established 16 R&D centers, 65 operating companies and 65 regional offices in China.

Faber-Castell China
fábrica da Faber-Castell em Kanton, China. No local, são produzidas canetas esferográficas, canetas com tinta gel, lapiseiras, borrachas e montagem dos conjuntos criativos.

Telstra in China
Telstra Corporation has built a longstanding association with China since 1988. Telstra now supports our customers from offices in Beijing, Shanghai, Guangzhou and Hong Kong.

Nufarm in China
Nufarm comes into China, jointly setting up a special laboratory with the Chinese Academy of Sciences, the National Physical Examination Center for the study of physical health status, dietary habits, epidemic diseases and nutrition intervention of Chinese

ATI Industrial Automation has opened a new office in China. Located in the Xuanwu District of Beijing, the new office will enable ATI to provide service and sales support for all it's robotic end-effector products to mainland China, Hong Kong and Taiwan.

Up until 1985, Samsung’s market strategy for television products had been to focus on the low-end market segment with a limited line of products – TV sets of smaller sizes.
Samsung Starts to Build 10nm NAND Flash Manufacturing Complex in China.
Samsung Breaks Ground for $2.3 Billion NAND Flash Facility in Xi'an, China

LG Electronics (China) Co. Ltd., through its subsidiaries, manufactures and markets electronic appliances. The company’s products include television sets, refrigerators, and mobile handsets. LG Electronics (China) is based in Beijing, China. The company operates as a subsidiary of LG Electronics Co., Ltd.

Nike does $2 billion in business in China and sees China as one of its largest growth opportunities

Alcatel (NYSE: ALA) and FiberHome Telecommunication Technologies of Hubei, China announced the signature of an Memorandum of Understanding (MoU) to manufacture and sell Alcatel's complete optical fiber product portfolio, together with FiberHome's optical cabling portfolio, in China.

Renault in China, many assets and ambitious projects



Na China 70 anos de socialismo geraram bilhões de pobres, hoje com a abertura para empresas estrangeiras se instalarem lá a situação está mudando, mas não para uma paulatina melhoria da qualidade de vida do povo em geral, na China estão surgindo "novos ricos", são os comunistas que levam vantagem através dos 51% que possuem nas grandes empresas.
Esperemos que o povo da China ao começar a ver essa desigualdade socialista se revolte e ponha para fora estes comunistas corruptos e gerem uma nação livre e democrática nos moldes do capitalista Japão que está ali perto dela e possuiu um povo com excelente qualidade de vida.


Agora, depois destes esclarecimentos, podemos responder a pergunta do título - por que os "intelectuais" e a mídia ocidental aplaudem a China mesmo ela sendo uma ditadura corrupta ?

Essa contradição tem quatro causas:

1. A ação do marxismo cultural dentro da sociedade ocidental difamando e criando maleficência contra o "capitalismo", sendo que o EUA é a maior expressão do "capitalismo".
2. A frustração dos "intelectuais" marxistas diante dos inúmeros fracassos do socialismo no mundo em contraste com o sucesso do "capitalismo", em especial com o sucesso do EUA como a mais livre e desenvolvida nação do mundo, uma nação "capitalista", isso provocou nos "intelectuais" marxistas enorme ódio contra o EUA.
3. A inveja generalizada de grande parte dos humanos, em especial de "intelectuais" formadores de palavras, contra pessoas e nações bem sucedidas, a inveja gera o desejo de destruir o invejado, por isso aplaudem e desejam muito que a China "destrua" o EUA.
4. As faculdades de jornalismo foram dominadas por "intelectuais" marxistas, os jornalistas atuais sofreram lavagem cerebral ideológica em sala de aula e se tornaram "inimigos do malvado capitalismo" sem ao menos saberem disso, são inocentes úteis.
Sobre a quarta causa, quem quiser constatar uma pequena parte da enorme atuação ideológica marxista nas escolas pode acessar os sites abaixo:

PPGHis realiza palestra sobre marxismo e história
http://www.ufmt.br/ufmt/site/noticia/visualizar/7585/Rondonopolis

No evento será relançado, pela editora Insular, o livro O segredo da pirâmide: para uma teoria marxista do jornalismo
http://jornalismo.ufsc.br/

FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE LISBOA. ENTRADA LIVRE
http://c-de.blogspot.com.br/2011/12/congresso-marx.html

Seminário Marx marcou época com nova prática de estudo
http://www.usp.br/agen/?p=110956

4o Colóquio Marx e Engels
Centro de Estudos Marxistas
http://www.unicamp.br/cemarx/ivcoloquio1.html

Breve histórico de atividades do Niep-Marx
http://www.uff.br/niepmarxmarxismo/atividades.htm

*

Um membro da comunidade do ORKUT "Marx é inquestionável?!" abriu um tópico com o seguinte tema:

O FIM DO IMPÉRIO DO 1º MUNDO!!!
http://www.youtube.com/watch?v=jUbfIka-h6M&feature=g-vrec

A minha resposta foi a seguinte:

Esse jargão de "fim do império" em relação ao EUA é um enorme anseio de "intelectuais" marxistas.
Esse enorme desejo de que o EUA acabe surgiu em função das muitas derrotas do marxismo mundo afora em contraste com o sucesso do "capitalismo" norte-americano.
O tão sonhado socialismo/comunismo só produziu miséria e extermínio.
E o terrível "capitalismo" produziu povos com excelente qualidade de vida...
Uma enorme mágoa contra o EUA surgiu na miúda cabeça dos "intelectuais" socialistas.
E esta é só mais uma contradição deles!
Uma vez que Marx gostava e admirava o EUA!
Marx expressou esta admiração em carta enviada pela "International Working Men's Association" para o presidente do USA Abraham Lincoln, em 1864 e que foi assinada por Karl Marx.
http://www.marxists.org/archive/marx/iwma/documents/1864/lincoln-letter.htm

Quanto ao fim do "império", ou seja, do EUA, isso já está bem encaminhado, o EUA já não é mais a mesma grande nação do início do século XX, o EUA foi dominado pela ideologia politicamente correta dos que querem "mudar o mundo" e isso com toda certeza levará o EUA ao caos, e até possivelmente a uma guerra civil.

Os que querem o "fim do império" podem ficar felizes!
Isso praticamente já aconteceu, o EUA já está moribundo e é uma questão de tempo para falecer.



Hollywood foi uma das maiores vítimas da doutrinação do marxismo cultural dentro do EUA,  Adorno e Marcuse aplicaram lavagem cerebral em Hollywood e transformaram os filmes lá produzidos em camuflado ativismo marxista pregando o fim da sociedade ocidental.  Os filmes repetidamente lançados que mostram a destruição do mundo e o ativismo de muitos hollywoodianos como Michael Moore, Al Gore. Angelina Jolie, etc, são os efeitos práticos da ação doutrinária marxista em Hollywood.
É intrigante o comportamento de Hollywood!
Eles são norte-americanos, mas, obsessivamente fazem filmes com a destruição da sua própria nação!
Freud escreveu um texto analisando a intenção dos "intelectuais" socialistas de mudar o senso comum da humanidade para que ela ficasse receptiva a implantação do marxismo no mundo 
Freud classificou a ambos como uma neurose, doença, e o comportamento de Hollywood se voltando contra sua própria nação, que é a nação mais livre, democrática e desenvolvida do mundo, demonstra bem essa perturbação mental.
E o contraditório aplauso dos "intelectuais" a ditatorial China é outra demonstração do correto diagnóstico feito por Freud dessa neurose. 


Podem se preparar para os comunistas chineses, mais capitalistas que os norte-americanas, mandando em todo mundo...
Mas os politicamente corretos, se é que ainda vão existir, deverão tomar cuidado, porque comunista chinês não admite protesto e para decretarem pena de morte para quem sai da linha é muito fácil.

Sobre a inveja.

O generalizado ódio contra o EUA ao redor do mundo é devido a inveja que grande parte dos humanos sentem dos bem sucedidos.
O maior desejo do invejoso é destruir o invejado, é devido a isso o surgimento de jargões como "nada dura para sempre", "impérios tem ascensão e queda", etc.

O vizinho com casa bonita e carro do ano sofre esse mesmo tipo de desejo por parte de grande parte dos moradores da rua.

O oba! oba! todo a favor da China na mídia, mesmo sendo a China uma das nações mais atrasadas do planeta e seus governantes serem estúpidos irracionais, é porque torcem para que a China destrua a fonte de suas invejas, o EUA.
Só que isso é algo que a porcaria chinesa jamais conseguirá...
O EUA foi destruído pela sua própria sociedade livre.
Deturparam o conceito de liberdade, de livre expressão e de direitos humanos, a liberdade que existe no EUA permitiu as ideologias, em especial o marxismo cultural, se infiltrarem na sociedade norte-americana e a destruírem, e na minha opinião, não tem mais volta, já era...

***

6 comentários:

  1. Cara...se vc nao entende a China, pelamor de deus, vai pisar no territorio chines primeiro, conhecer pessoalmente e nao apenas conhecer a China pesquisando no GOOGLE.
    Para mudar um pais, vc acha levaria apenas uns 30, 40 anos? logico que nao! Hoje a China eh como os EUA na decada de 60, ainda tem muito caminho pela frente. Sim eles copia tudo, e dai...porem, pelo menos os chineses estao fazendo a licao de casa, que isso o Brasil nao ta fazendo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vcwc7716

      Vou por em referência, entre aspas, o que você escreveu, separando por assunto, e responder referente a essa parte.

      "Cara...se vc nao entende a China, pelamor de deus, vai pisar no territorio chines primeiro, conhecer pessoalmente e nao apenas conhecer a China pesquisando no GOOGLE."

      Você não sabe se conheço ou não a China ou se peguei ou não a informação no Google, portanto, considero sua afirmação uma tolice.
      Alem de que, isso de querer "menosprezar" o Google não tem sentido, o Google é o maior site de pesquisa da net e pesquisar nele é algo que o mundo inteiro faz e não existe nenhum demérito nisto, através do Google podemos chegar a Harvard ou ao Louvre, ou a qualquer outra instituição cultural de renome, portanto, considero esse seu preconceito contra o Google injustificado e infantil.


      "Para mudar um pais, vc acha levaria apenas uns 30, 40 anos? logico que nao! Hoje a China eh como os EUA na decada de 60, ainda tem muito caminho pela frente."

      Cara, o que eu escrevi não tem nada a ver com isso que você está falando.
      Não sei de onde você tirou que o EUA na década de 60 era igual a China atual !
      O EUA na década de 60 estava no seu auge como a maior nação do mundo!
      Nada a ver com a China atual.


      "Sim eles copia tudo, e dai...porem, pelo menos os chineses estao fazendo a licao de casa, que isso o Brasil nao ta fazendo!"

      Eu não disse que eles copiam tufo, lê de novo que você não entendeu.
      O Brasil não faz parte do meu comentário.

      Excluir
  2. e outra coisa, de fato, a China eh autoritaria, porem, eh necessario neste momento para o povo chines, pois os chineses foram reprimidos por varias decadas, se for fazer uma mudanca rapida demais, tipo "Libera Geral", tera 1 efeito colateral, que gerara uma onda de separacao na China, um bom exemplo: a antiga Uniao Sovietica, e outro exemplo, como a Guerra Civil Americana (os pobres VS ricos).
    Eh importante para a China, estimular o consumo interno, colocando no minimo 40% populacao na classe media nos proximo 10 anos, depois desta mudanca, ai sim, quando chega o ano 2022, comeca fazer a reforma politica, pois ate la, os chineses ja terao o patriotismo para apoiar a China que nao tera mais risco de separacao regional!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "e outra coisa, de fato, a China eh autoritaria, porem, eh necessario neste momento para o povo chines, pois os chineses foram reprimidos por varias decadas, se for fazer uma mudanca rapida demais, tipo "Libera Geral", tera 1 efeito colateral, que gerara uma onda de separacao na China, um bom exemplo: a antiga Uniao Sovietica, e outro exemplo, como a Guerra Civil Americana (os pobres VS ricos)."

      A China é autoritária a 70 anos.
      A ditadura socialista chinesa já matou milhões de pessoas em nome dessa ideologia nestes 70 anos.
      Só se separaram na dissolução da União Soviética os países que tinham sido anexados por ela e agora estavam livres da tirania socialista soviética, nada mais justo ficarem livres.
      O Tibete foi anexado pela China, o que você está dizendo é que o povo do Tibete deve se sujeitar ao domínio chinês para sempre.
      Não concordo com isso, o Tibete tem todo direito de se ver livre da ditadura chinesa, e todos os demais povos anexados pela China também tem direito a serem livres.
      A Guerra Civil no EUA não foi uma guerra entre ricos x pobres, foi uma guerra entre estados escravocratas (do sudeste) contra estados abolicionistas (do nordeste)

      "Eh importante para a China, estimular o consumo interno, colocando no minimo 40% populacao na classe media nos proximo 10 anos, depois desta mudanca, ai sim, quando chega o ano 2022, comeca fazer a reforma politica, pois ate la, os chineses ja terao o patriotismo para apoiar a China que nao tera mais risco de separacao regional!"

      Isso ai é futurologia, chute.
      Você não tem condição de saber o que os comunistas chineses vão fazer nos próximos anos.

      Excluir
  3. mais uma coisa, gostaria que saiba, atualmente ja existem mais de 300 parques tecnologicos na China (contra 87 no Brasil), que comecou o projeto no ano 2000, ou seja, inaugurar 25 parques por ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "mais uma coisa, gostaria que saiba, atualmente ja existem mais de 300 parques tecnologicos na China (contra 87 no Brasil), que comecou o projeto no ano 2000, ou seja, inaugurar 25 parques por ano."

      Cara, não tenho a menor intenção de comparar a China com o Brasil...
      A China é uma porcaria de pais comunista que não tem tecnologia alguma, tudo de tecnologia que é feito na China é feito por estrangeiros.
      Se a China tivesse tecnologia própria ela jamais teria pedido ajuda para estrangeiros irem para lá

      Excluir