A alienação

A alienação

quinta-feira, 4 de abril de 2013

A "lei seca" contra bebidas não vai impedir os bêbados de dirigir, vai apenas dificultar a vida de pessoas honestas e cumpridoras das leis de trânsito

Existem milhares de pessoas que vivem sozinhas, não tem alguém que possa servir de motorista, e mesmo que tivessem outras pessoas junto a elas, seus companheiros tanto podem não saber dirigir como também podem gostar de tomar um vinho no jantar de sábado a noite no restaurante.
Mas, no Brasil, estas pessoas serão presas como criminosos se no sábado a noite forem jantar em um restaurante, tomarem uma taça de vinho e depois dirigirem seus carros para voltarem para casa.

As pessoas que não tem motoristas estariam, então, sujeitas a se locomover de ônibus, de trem, de metrô, ou de taxi, para poderem tomar uma taça de vinho no restaurante e depois voltarem para casa nestes meios de locomoção.
Porém, tanto na capital de São Paulo como no interior de São Paulo, tais meios de transporte não trabalham por toda a noite, os taxistas não trabalham a noite porque não existe segurança, os ônibus, pelo mesmo motivo, param as 0 hora de circular, na capital o metrô funciona de sábado para domingo até a 1 hora da manhã, nos demais dias só até a 0 hora.

Mesmo que tais meios de transporte funcionassem por toda a noite seria por demais perigoso uma família formado pelo marido, esposa, uma filha e um filho, saírem do restaurante e irem a pé até o ponto de ônibus ou a estação do metrô e lá ficarem a espera do transporte chegar...
Teriam que contratar segurança armada.
Se alguém pensar na possibilidade de marcar com um taxista essa possibilidade realmente existe, porém, os custos disso seriam impraticáveis.

Desta forma, no Brasil milhões de pessoas, devido a esta lei, estão impedidas para sempre de tomar um vinho no jantar de sábado a noite no restaurante.






















































Isso não é mais possível no Brasil se a pessoa não possui motorista particular. 
Se uma pessoa sair do trabalho na sexta-feira a tarde e for ao bar com amigos, e tomar uma cerveja de latinha, se pegar no volante de seu carro para ir embora para casa poderá ser preso e encarcerado na próxima esquina...


Ao assistirmos programas de TV onde comentam o assunto vemos que ninguém discorda da lei... todos dizem que é correta!
A pergunta que se pode fazer para estes indivíduos é a seguinte:
Na opinião de vocês um pai de família ao ir jantar com a família em um restaurante no sábado a noite, se pedir um vinho tinto para a família tomar, e ele próprio tomar duas taças de vinho, ficará embriagado, não mais terá controle de seus atos, e devido a essa degeneração dos seus sentidos deve ficar impedido de dirigir seu carro do restaurante de volta para sua casa ?
Vocês são da opinião que esse pai de família ficará de tal forma com a mente sem controle que irá por em risco a vida de sua família e das demais pessoas ao dirigir seu carro ?

Pode até ser possível que estes comentaristas da midia brasileira serão capazes de dizer que sim...

Porém, qualquer pessoa normal, que tenha bom senso, sabe que este homem não estará embriagado porque tomou duas taças de vinho e terá toda a capacidade e controle para dirigir seu carro sem problemas.




















As famílias no Brasil não vão mais poder festejar e beber tranquilos uma cerveja, serão encarceradas junto com bandidos.



Colocar a polícia para fiscalizar e prender pessoas honestas por terem tomado uma taça de vinho no jantar e depois estarem dirigindo seus carros é um absurdo, extremismo ideológico.

Essa lei extremista não vai evitar que bêbados dirijam...
Pessoas realmente bêbadas agem igual aos que fizeram essa lei, perdem a noção das coisas, se acham com poderes sobrenaturais, se acham infalíveis, e irão dirigir de qualquer forma.

Dirigir bêbado sempre foi proibido e o autor sujeito a prisão, mesmo assim, nunca evitou que bêbados dirigissem, portanto, a "lei seca" não vai mudar nada para estes casos.




Estes estão bêbados, mas, a lei seca vai pega-los ?
Não sei, talvez pegue um ou outro, mas, a maioria jamais será pega !


Esta semana mesmo tivemos o caso do ciclista que teve o braço amputado por um motorista bêbado, a absurda "lei seca" não evitou essa tragédia, nem vai evitar outras.


A lei seca não evitou isso... pelo simples fato de que quem está realmente bêbado não se importa com a lei.


A "lei seca" só vai atazanar a vida das pessoas honestas, ordeiras, que sempre respeitaram as leis de trânsito, mas, a intenção dos autores desta lei pode ser essa mesmo... atingir a estas pessoas e não os bêbados



Lula porém, faz parte da elite, e vai poder continuar tomando suas biritas, ele sempre vai ter um "companheiro" como motorista.

Um comentário:

  1. Dos rituais humanos um dos mais cegos e estéreis de doces e ingênuas inconsciências. A mais prima da obras primas da felicidade artificial. Glamourosos em salões suntuosos ou deprimentes e fedorentos em butecos detonados, copos entupidos de química competente e eficiente, de whisky incluído ou de pinga excluída, tilintando nas mãos daqueles pobres inconscientes...

    ResponderExcluir