A alienação

A alienação

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Sobre os distúrbios em Londres e outras cidades da Inglaterra.


Os acontecimentos me parecem semelhantes a outros que já aconteceram na Europa, como os de Paris alguns tempos atrás.

A causa é a mesma, africanos e outras nacionalidades pobres vão para a Europa em busca de uma vida melhor, porém, a imensa maioria vai para lá sem nem ao menos saberem ler e escrever, não sabem inglês e não tem nenhuma profissão, obviamente não arrumam emprego.
O que fazem então?
Vão "morar" em bairros seguimentados para essa população, evidentemente, devido a ignorância e a pobreza, vai acontecer a degeneração social, drogas, formação de quadrilhas, prostituição, etc.
Tudo isso acompanhado de ódio a sociedade inglesa que eles veem vive bem.

Outra coisa, a polícia inglesa nem arma usava até pouco tempo atrás, a polícia inglesa sempre foi correta, só que a lei na Inglaterra é para ser respeitada, e não existe espaço para desordem. E a polícia faz seu papel preventivo nestes bairros.
Se, as gangues de jovens partirem para a violência, a polícia vai agir, e se precisar atirar para matar ela vai atirar. E a reação a isso tb já é conhecida e tem tb sua contra reação.

Eu sou da opinião que o governo inglês está errado ao permitir a entrada desse pessoal na Inglaterra e mais ainda a permanência deles na Inglaterra.
O que esse erro acarreta?
Acarreta os distúrbios que vimos.
E com isso os crápulas "intelectuais" marxistas do mundo inteiro e em especial do Brasil, passam a culpar a Inglaterra por existirem esses pobres e discriminados "ingleses"...
Eles não culpam os países de origem que geraram esses miseráveis, eles culpam a Inglaterra pela existência deles, e querem que a Inglaterra estabeleça "atitudes sociais" para eles... o que acarretaria dar ensino básico a todos eles, faculdade, moradia, pensão alimentícia por anos, ou seja, a Inglaterra teria que gastar milhões de libras para mudar a condição miserável dessas pessoas, devido a suas origens.
E como isso tem um enorme custo financeiro se torna difícil fazer isso, quem iria pagar a conta?
Porém, os crápulas fazem de conta q não sabem disso e continuam a condenar a Inglaterra por "discriminação"...
E fazem mais, associam isso a "crise mundial" e a "opressão capitalista".

Ou seja, é a mais pura imundice "intelectual" marxista.
Então é isso, não existe nenhuma "revolução", existe apenas a imunda, mentirosa e oportunista ação marxista se apropriando de tais situações em prol da corrupta e falida "causa".

Vou colocar a seguir o link de um vídeo com um desses crápulas "intelectuais" falando a sua imundice.

http://www.youtube.com/watch?v=HI1YSPHVeIA&feature=player_embedded

Nenhum comentário:

Postar um comentário