A alienação

A alienação

domingo, 18 de março de 2012

O que são socialistas e comunistas ?

O que fez a idéia socialista/comunista, mesmo que "transformada" em "salvadores do planeta" e demais variantes politicamente corretas, ressurgir das cinzas da falida União das Repúblicas Socialista Soviéticas (URSS)? [RF 1]

O que foi que deu forças para que a idéia socialista/comunista não morresse asfixiada na poeira da derrubada do Muro da Vergonha de Berlim que socialistas/comunistas alemães haviam construído para isolar os alemães que moravam em Berlim da liberdade democrática, e, novamente, estarem no mundo berrando em protestos e gritando seu ódio contra a sociedade ? [RF 2]

O que é que mesmo depois de milhões de mortes causadas pelo socialismo/comunismo no século XX faz as pessoas ignorarem essa tragédia e continuarem a pleitear por socialismo como sendo uma coisa boa no século XXI ? [RF 3]

O motivo dessa inexplicável atitude é que socialismo/comunismo não é uma atividade política, socialismo/comunismo é uma doença mental.

A idéia socialista é uma doença genética que apareceu na Grécia Clássica (Platão), ficou encubada durante toda a Idade Média e ressurgiu na França no século XVIII (Rosseau) e dai para frente se propagou pela sociedade ocidental e atualmente contaminou mais da metade da população. [RF 4]


A conclusão de Eric Voegelin [RF 5]

Voegelin foi um filósofo que estudou o socialismo e o marxismo a fundo, e ele concluiu o seguinte:

"Na raiz da ideia marxista está uma doença espiritual, a revolta gnóstica de quem se fecha à realidade transcendente.
A incapacidade espiritual aliada à vontade mundana de poder provoca o misticismo revolucionário.
A proibição das questões metafísicas acerca do fundamento do ser; "Será possível negar Deus e manter a razão ?" destrói a ordem da alma.
Mas a par desta impotência espiritual há a vitalidade de um intelecto que desenvolve uma especulação fechada.
As Teses sobre Feuerbach mostram que o homem marxiano não quer ser uma criatura.
Rejeita as tensões da existência que apontam para o mistério da criação.
Quer ver o mundo na perspectiva da coincidentia oppositorum, a posição de Deus.
[RF 6]
Cria um fluxo de existência em que os opostos se transformam uns nos outros.
O mundo fechado em que os sujeitos são objetos e os objetos atividades, é talvez o melhor feitiço jamais criado por quem queria ser divino.
Temos de levar a sério este dado para compreender a força e a consistência intelectual desta revolta anti-teista."


Outros pensadores e estudiosos do socialismo disseram coisas semelhantes, mas eu vou colocar a seguir a opinião de um outro tipo de mente humana, uma mente prática e objetiva, vou colocar a opinião de J Edgar Hover [RF 7], que foi o chefe do FBI por 48 anos, ele disse a seu biógrafo o seguinte:

"Comunismo não é um partido político, comunismo é uma doença (disease),
corrompe a alma transformando mesmo o mais gentil dos homens em um
cruel e diabólico tirano."

J Edgar Hover (1895-1972)


A minha opinião sobre o assunto

Eric Voegelin e J. Edgar Hover disseram exatamente a mesma coisa, socialistas e comunistas não são políticos...
Socialistas e comunistas são doentes mentais que em suas insanidade se acham possuídos do poder de transformar as outras pessoas e com isso transformar a humanidade toda, e essa "obra" a que se propõem criará uma sociedade humana perfeita.
Um comunista em nome da "causa" mata seres humanos com o mesmo desprezo que humanos matam baratas... age dessa forma porque ele tem certeza que está de posse da verdade da vida e que quem ele está matando é apenas um verme que o impede de propagar essa sublime verdade ao mundo.
Já tivemos variados exemplos dessa atitude, uma bem conhecida é da parte de Che Guevara em Cuba que executou sumariamente dezenas de pessoas entre elas até mesmo membros do seu grupo guerrilheiro.

A idéia idealista de transformar o mundo em uma sociedade perfeita é uma fuga da realidade (loucura) com a qual a pessoa pretende em um esforço desesperado se tornar um benfeitor da humanidade e com isso espera estar no mesmo patamar de deus, ou seja, imortal.
A ideologia socialista/comunista é uma doença mental cuja causa é a impotência para enfrentar a realidade da vida, o socialista é um ser traumatizado e impotente diante da angústia da fatalidade da morte.
Walter Benjamim, judeu alemão e um dos importantes membros da "escola de Frankfurt" divulgadora do "marxismo cultural". Bejamim se suicidou diante da ameaça de ser preso pelos nazistas.


É devido a esse objetivo sublime que socialistas/comunistas jamais desistem mesmo diante das mais claras provas históricas da impossibilidade do que pretendem...
Se desistissem seria o mesmo que o o suicídio...

A única alternativa para eles é derrota após derrota, refutação teórica após refutação teórica, continuarem a renascer com uma 'nova" variante da teoria que passarão a se dedicar com o mesmo incansável zelo da anterior pois esta de agora é a forma certa!

É devido a isso que essa loucura se mantém viva entre humanos apesar de todas as desgraças que já causou a humanidade.


Referências:

1.
http://www.historiadomundo.com.br/idade-contemporanea/urss.htm

2.
http://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/muro.htm

3.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Arquip%C3%A9lago_Gulag
http://pt.wikipedia.org/wiki/Campanha_de_Envio_ao_Campo
http://pt.wikipedia.org/wiki/Holodomor
http://pt.wikipedia.org/wiki/Khmer_Vermelho
http://pt.wikipedia.org/wiki/Primavera_de_Praga

4.
http://sintesedomarxismo.blogspot.com.br/

5.
Teses sobre Feuerbach
Karl Marx

http://www.marxists.org/portugues/marx/1845/tesfeuer.htm
Na "tese 11" podemos ler:
"Os filósofos têm apenas interpretado o mundo de maneiras diferentes; a questão, porém, é transformá-lo."
Ou seja, o homem marxiano deseja, tal como se fosse um deus, transformar o mundo!

6.
http://kmsegundoev.blogspot.com.br/

7.
http://www.spartacus.schoolnet.co.uk/USAhooverE.htm


***


UM DEPOIMENTO INTERESSANTE

Entrevista de Jarbas Vasconcelos na Folha sobre a forma de governar da presidente Dilma.

***

23/03/2012 - 05h32
Dilma quer ganhar no grito e com cara feia, diz Jarbas Vasconcelos
FÁBIO BRANDT
DE BRASÍLIA


O temperamento ácido da presidente Dilma Rousseff (PT) faz com que ela desperdice a chance de fazer aliados no Congresso. A avaliação é do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), integrante do grupo de senadores do PMDB não alinhados ao governo Dilma.

"Dilma não tem os atributos que são de Lula. Malícia, carisma. Lula tinha paciência. Ela não tem. É uma pessoa muito arrogante", afirmou o senador em entrevista ao UOL e à Folha.

Para Jarbas, Dilma erra ao tentar "ganhar sempre no grito e na cara feia". Ele disse que a presidente criou chance de aproximação com os dissidentes ao substituir Romero Jucá (PMDB-RR) por Eduardo Braga (PMDB-AM) no cargo de líder do governo no Senado. Mas, segundo o senador, o acerto de Dilma para aí. "Ela não quer dialogar com o Senado, não quer dialogar com a Câmara".

Jarbas Vasconcelos falou sobre o assunto no "Poder e Política - Entrevista", programa do UOL e da Folha conduzido pelo jornalista Fernando Rodrigues no estúdio do Grupo Folha em Brasília. A gravação ocorreu nesta quinta-feira (22).

Na entrevista, o senador disse não duvidar das "boas intenções" de Dilma, mas que ela "convive com o mal feito" e "não fez faxina coisa nenhuma". Ele explicou: "Foi a mídia que levou o governo ao estrangulamento e às demissões dos ministros", afirmou Jarbas. Para ele, Dilma merece criticas por ter agido com rigor em um dos primeiros escândalos de seu governo, o do Ministério dos Transportes, mas ter abrandado o tom nos escândalos seguintes.

Apesar de ser oposicionista, Jarbas disse que Dilma deve chegar em 2014 como candidata à reeleição e favorita para vencer a eleição. "Que pesem todos esses vacilos do governo, mas a economia vai bem", disse. Já o candidato da oposição, segundo Jarbas, deve sair do PSDB. "Talvez fique entre o Aécio [Neves] e o [Geraldo] Alckmin".

Próximo a José Serra, Jarbas afirmou que o tucano não deve ser candidato a presidente se for eleito prefeito de São Paulo. "Acho que ele vai ter que cumprir o mandato".

A seguir, trechos em vídeo da entrevista de Jarbas Vasconcelos. Mais abaixo, vídeo com a íntegra da entrevista. A transcrição completa também está disponível.


***

http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1065845-dilma-quer-ganhar-no-grito-e-com-cara-feia-diz-jarbas-vasconcelos.shtml

***

Comentário:

Não é que Dilma seja arrogante...
Dilma é socialista/comunista, ela padece da doença espiritual dessa ideologia cega.
Ela tem convicção que ela está com a verdade da vida, ela tem a convicção que a ideologia dela irá "transformar" a humanidade e tornar o mundo um mundo perfeito.
E todos aqueles que não concordarem com o que ela pensa ela coloca no grupo dos devem ser desprezados e tratados como vermes.
E dificilmente ela mudará de atitude, ela já pode ter atendido a Lula em algumas situações e cedido, mas, isso não vai durar para sempre, vai chegar uma hora em que ela vai achar que Lula também deve ser ignorado.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário