A alienação

A alienação

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Para onde vai a esquerda ?


A esquerda moderna, a que surgiu depois
da segunda guerra mundial, tinha como norte a URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), também a China Comunista de Mao, e posteriormente amava Cuba, eram poucos os que destoavam disso.

O marxismo, a revolução, a ditadura do proletariado eram seus lemas.

O que existia na URSS, China Comunista e Cuba?

Existia a ditadura do proletariado marxista-leninista.
A URSS despejou milhões de livros de Marx, praticamente de graça, no Ocidente, e também enviou milhares de agentes socialistas para incrementar a "revolução".


Uma das maiores "obras" da URSS foi a Espanha republicana dominada por socialistas e anarquistas, o que levou a carnificina da guerra civil espanhola onde morreram 700 mil pessoas.
Tentaram fazer a mesma coisa na África e na América Latina, Brasil incluso.
 

Ao todo 50 nações adotaram o socialismo no século XX.

Mas, o socialismo por ser uma mentira marxista, por prometer que com ele se chegaria ao paraíso comunista, não poderia dar certo por ter sua premissa principal baseada em uma ilusão que nem Marx, seu "mestre", nunca definiu como seria, o comunismo.

Depois de quase 70 anos de "lutas" o socialismo faliu!

Depois da queda do Muro de Berlim e da derrocada da URSS, o barco da esquerda ficou a deriva... sem rumo.

Mas, socialistas e esquerdistas em geral, movidos por algo muito forte, o ódio invejoso contra os empreendedores bem sucedidos, jamais desistem!

Pensaram, o que a gente defendia faliu, o que vamos fazer?
- Mudamos a nossa bandeira de "lutas".

E foi assim que a esquerda mundial passou a ter novas bandeiras, e quais são elas ?

São: 

o meio ambiente; 
o feminismo; 
a ideologia de gênero;
e o racismo.

Não foi a esquerda que os inventou, mas, foi ela que os adotou!

Tais temas caíram como uma luva na esquerda!
Com eles eles podiam continuar a pregar a imagem de "boas intenções" e principalmente, fazer a cabeça dos inocentes úteis.

Para fazer a cabeça dos inocentes usaram a doutrinação em sala de aula para crianças e adolescentes, e aos poucos dominaram toda a área de humanas.

Dai para frente jornalistas, geógrafos, historiadores, sociólogos, área de humanas em geral, se tornaram militantes da esquerda - sem terem consciência disso!
A doutrinação em sala de aula é uma lavagem cerebral que leva a alienação, as pessoas não tem consciência do que fazem.

São como hipnotizados seguindo as ordens do hipnotizador.

É por isso que na atualidade no Brasil se vê grandes jornais defendendo corruptos e usando com a maior naturalidade o produto de roubo praticado por bandidos, e grandes redes de TV apoiando esquerdistas e se colocando contra quem quer acabar com a corrupção no Brasil.

É uma aberração, uma barbárie, mas, é o que está ai com muita força, e as pessoas de bem terão que enfrentar essa calamidade.





***

Nenhum comentário:

Postar um comentário