A alienação

A alienação

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Ambientalistas, os inocentes úteis mais utilizados pelo marxismo para atacar as empresas privadas




Começou a ser publicado no Facebook a seguinte foto acompanhada do texto abaixo:


Eucalipto não é floresta

As aparências enganam. Plantação de eucalipto não é floresta nativa brasileira e é usada em larga escala para corte na indústria do papel e da celulose, além da produção de carvão vegetal e de alguns tipos de painéis de madeira industrializada.
Vem sendo plantada nos estados do Espírito Santo, de Minas Gerais, do Paraná, de São Paulo e da Bahia, sendo mais de 4.5 milhões de hectares plantados segundo a Associação Brasileira de Produtores de Florestas Plantadas (Abraf).
Essas árvores e os pinheiros, pinus e assemelhados não são plantas brasileiras, do nosso clima e nem dos nossos biomas (com exceção feita para a araucária nativa das áreas altas e frias no sul e sudeste do país).
O eucalipto consome muita água, pois cresce muito rápido. Quando ele é plantado até a beira de um rio, o prejuízo é o rebaixamento do lençol freático do curso d’água.
O "eucalipto, uma espécie de árvore que evoluiu na Austrália, na transição entre a região semi- árida para a região de desertos, é uma planta rústica que consegue arrancar umidade do solo e, aparentemente, não consegue puxar umidade atmosférica como as florestas tropicais nativas conseguem", explica o professor Antonio Nobre.
Para a gente pedir por reflorestamento, a gente tem que pedir por floresta nativa de cada bioma.

Comentários

Os "salvadores do planeta" brasileiros implicaram com as plantações de eucalíptos!
Alegam que não é floresta...
Mas, quem disse que é floresta?

São árvores, fazem foto síntese, e são úteis para os seres humanos porque propiciam a fabricação de papel uma mercadoria de larga utilidade para os seres humanos, e sua produção não causa nenhum dano ao meio ambiente...

Qual é então a desculpa desses alienados para implicarem com os eucaliptos?
Que eles consomem muita água!
E chegam a alegar no texto que perto de rios chegam a baixar o nível da água!
Eu tenho essas coisas como coisa de gente alienada.
São pesoas com baixa auto estima, que não conseguem fazer algo realmente útil para a sociedade, e por isso passam a se dedicar a "salvar o planeta", transformam isso em um "valor" que enaltece seus próprios egos.

O eucalipto não destrói a água que consome, ela retorna ao meio ambiente, os eucaliptos são cortados e deixados no local por um tempo e esse tempo é suficiente para que o eucalipto cortado se torne seco, ou seja, a maior parte da água que estava nele é deixada no local.


Dizem também que não é árvore nativa...
Mas, por que não se pode plantar árvores não nativas?

Existem tantas plantas que não existiam no Brasil e foram trazidas para cá e foram úteis para o povo, como a laranja, o cacau, cana-de-açúcar, soja, etc, etc, etc, não são nativas do Brasil.

Será que esses alienados vão querer acabar com os laranjais e canaviais?
Ou eliminar as plantações de soja que em geral esse pessoal consome?

Será que esses malucos vão implicar com os laranjais?
Afinal, a laranjeira não é uma "planta nativa" do Brasil!

Mas, acho que sei o que os move...

As empresas fabricantes de papel são uma das principais fontes do ódio marxista por serem em geral grandes empresas e/ou multinacionais.
Então, os marxistas "culturais" inventaram uma "culpa" para tais empresas com a intenção de prejudica-las.

E os alienados entraram na deles e começaram a implicar com os eucaliptos, e daqui para frente isso entrará para o rol das coisas ruins para o planeta.

E enquanto a ciência não inventar um antídoto para essa loucura eles vão continuar a espalhar suas "nobres causas" nos meios de comunicação em especial no Facebook.



E vejam essa notícia!


Juiz em São Paulo suspende cultivo de eucalipto

11 de abril de 2011, 15h08

O juiz Alexandre Yuri Kiataqui, da 1ª Vara Cível de Guaratinguetá (SP) suspendeu, liminarmente, o plantio de eucalipto no município, até que sejam realizados estudos de impacto ambiental e audiências públicas, inclusive de uma fazenda da VCP Votorantim Celulose e Papel.
O juiz determinou que o estado de São Paulo e o município de Guaratinguetá fiscalizem o cumprimento da decisão, que foi dada em Ação Civil Pública proposta pela Defensoria Pública de São Paulo em Taubaté contra a VCP Votorantim, conhecida hoje como Fibria. Na ação, a empresa é acusada de ser responsável pela implantação da monocultura na região.
Segundo a Defensoria, a Fazenda Santa Rita V, da Fibria, desrespeita as normas ambientais. A propriedade é localizada no topo do morro em que estão as nascentes que abastecem com água potável as terras baixas do entorno.
De acordo com a autora, a ação foi proposta porque diversos pequenos agricultores da região a procuraram reclamando de impactos ambientais do empreendimento, como diminuição no abastecimento de água potável, contaminação de lençol freático e metais pesados, além de êxodo de animais silvestres.
O defensor público que atuou na ação, Wagner Giron de La Torre, afirma que a empresa possui mais de 6 mil hectares de terras recobertas com essa árvore (aproximadamente 12% do território do município), o que é irregular de acordo com normas da Organização Mundial da Saúde.
Segundo Giron, "é sabido que os índices máximos tolerados pelos parâmetros de zoneamento agroflorestais traçados por normas expedidas pela OMS e por estudiosos do assunto, não suplanta a faixa de segurança de 5% dos territórios agricultáveis em cada município, sob pena de inviabilizar-se a concretização do desenvolvimento sustentável, e assegurar a preservação dos recursos ambientais".
A Defensoria Pública de São Paulo já propôs ações semelhantes em outras cidades do estado, e obteve decisões favoráveis em São Luiz do Paraitinga e Piquete. Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria pública do Estado de São Paulo.

Eles não desistem jamais!


***


TEXTO ESCRITO EM 31/01/2015

Eu tinha certeza que a nossa criança desenhista iria soltar um desenho igual sobre a água em São Paulo... ela, ele, ou eles não iriam perder essa chance!

Eis a nova produção especial para o Facebook:


É a mesma pessoa ou grupo de pessoas "especialistas' em fazer esses desenhos infantis e desinformnados.

Se olharmos uma foto de satélite da região da cidade de São Paulo vamos ver que a cidade é rodeada de grandes extenções de mata!
Não precisa de mata para chver, nos oceanos não tem mata e chove, as chuvas dependem das correntes de ventos que existem no planeta e não de matas.

Além disso, rios não precisam de mata nas margens para existir!
Isso é uma tolice.

O Rio Nilo por exemplo, nasce no centro da África e se encaminha para o Egito, o Nilo passa por regiões áridas e desertos... e existe a milhões de anos.

O Rio Colorado existe a milhões de anos, suas águas correm por terras áridas, o Rio Colorado cavou o Gran Canýon, e continua lá no fundo do canyon escorrendo sem problema algum por não ter matas nas margens.

O Rio Ganges também passa por regiões áridas, o Rio São Francismo aqui no Brasil também passa por regiões áridas do nordeste sem mata nas margens, o Rio São Francisco em algumas regiões também cavou canýons.

Esse pessoal "ambientalistas" são pessoas doentes, tem necessidade de "salvar o planeta' para dar algum sentido as suas pobres vidas.

E nunca mais vão largar esse "osso" da áhua em São Paulo...
Vamos ler e ouvir sobre isso por muito tempo, até o assunto perder força pois a água nunca vai acabar nem faltar.
 
 
***
 







 

4 comentários:

  1. KkkkKKKkkkk*rindo potássios*, eu li esse texto todo de cima a baixo, me parece que tu apenas passou por um dia ruim e não soube assimilar seus pensamentos e quis descontar em campanhas e textos banais relacionados ao meio ambiente porque isso, aliado às ilustraçõezinhas ó-tão-sugoi-kawaii-desu te deixa tããão irritado. Meu Deus, eu geralmente nem procuro comprar discussão com povo desinformado na internet, porque é uma perda de tempo, mas credo, há tanta coisa para ser dita...
    Primeiro de tudo: “Mas, por que não se pode plantar árvores não nativas?”... Eu li isso mesmo? Ah tá bem, claro que se pode introduzir outras espécies para a eficiência econômica, contanto que haja o controle, mas se não for o caso, CARA, vá procurar saber o conceito de “espécies invasoras” em qualquer texto ou artigo, seja da internet, de livros acadêmicos, etc., aposto a vida da minha tuia-holandesa de estimação chamada Benoît que todos chegarão a um ponto em comum, nem vou digitar aqui, procure saber você mesmo.
    "Além disso, rios não precisam de mata nas margens para existir!"
    Ehh, #SóQueNãoMesmo, meu queridíssimo. Se pesquisasse um pouco mais, você já saberia, é muito simples: as matas ciliares (marginais aos rios, caso você não saiba) firmam, "seguram" a terra das margens, prevenindo a erosão. Sem isso, a corrente de água erode a terra, assoreia o rio deixando-o mais raso, até ele poder *ARQUEJO* não mais existir, ora! É por essa exata razão que muitas, mas Muitas legislações municipais vetam a implantação de imóveis a menos de pelo menos 30 metros dos cursos d’água, dependendo da largura do mesmo.
    Criança, quer um conselhinho? Preste mais atenção nas aulinhas de ciências ambientais, ou se tu já estiver mais grandinho (o que duvido após ler essa sua pirraça), procure fazer um curso de urbanismo ou engenharia ambiental, ou mesmo botânica, antes de postar um disparate desses na internet pra todo mundo ver e tu virar motivo de chacota.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Pela risada inicial, já sei q é um marxista alienado (aqueles marxistas q não sabem q são marxistas, e inclusive, negam q são rsrs).

      E por isso q escreveu:

      "Sem isso, a corrente de água erode a terra, assoreia o rio deixando-o mais raso, até ele poder *ARQUEJO* não mais existir, ora!".

      Já sei q é um ignorante q não sabe q no fundo do Gran Canyon no EUA existe um rio, o Rio Colorado, e pensa q o rio deixa de existir se não tiver mata ciliar! rsrs

      Excluir
  2. Ká. Ká, Ká.
    Tu só fica aí chamando qualquer pessoa que te contrariar de "marxista" (que honestamente nem sei porque que tu anda usando como insulto) ao invés de verdadeiramente pesquisar Bem sobre os rios que tu citaste.
    O Nilo e o Colorado possuem mata ciliar original Sim, mesmo cortando desertos. Pode pesquisar. E por favor, né. Você apenas citou o esses dois rios, mas se esqueceu de rios como Itapecuru, São Francisco, Parnaíba e um monte de outros rios assoreados espalhados pelo país e talvez pelo mundo. Sim, assoreados devido à ação humana.
    Olha, nem vou discutir, é só dar uma pesquisada De Verdade, mas aff, nem acho que você vá se dar ao trabalho, é muito mais cômodo insultar (seja lá o que você entende por insulto) quem talvez, apenas TALVEZ possua mais conhecimento no assunto do que você. Bjs, xau! c:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudou as letras da risada, mas, continua o mesmo, a única coisa q faz, como todo marxista, é dar risada e dizer para a outra pessoa ler, pesquisar (fazem isso pq não possuem conhecimentos para argumentar de forma fundamentada), como se fosse um grande erudito instruindo os pupilos rsrs
      Patético.

      Sobre:
      "Sim, assoreados devido à ação humana."

      Fizeram lavagem cerebral na sua cabeça na escola e vc passou a ter a cabeça dominada por uma ideologia q odeia a sociedade e faz a crítica lugar comum contra a própria espécie humana a mando dela., por isso não vê mais os fatos da realidade.

      Rios como o Rio Colorado tiveram assoreamento já a milhões de anos atrás, muito antes da espécie humana criar civilização.

      Excluir